Notícias

Prefeitura de Paraibano realiza 1º Fórum Comunitário para obtenção do Selo UNICEF




A Prefeitura de Paraibano, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizou no dia 28 de junho (quinta-feira) o ‘1º Fórum Comunitário’ para a obtenção do Selo do Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF, edição 2017 a 2020. O evento foi realizado na Escola Dr. Adonias de Lacerda.

O presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente-CMDCA-, Antônio Cardoso, fez a abertura oficial do encontro. A secretária municipal de assistência social Elaine Cinthya, em seu pronunciamento fez uma explanação da importância do fórum, do fortalecimento e participação social nos processos de planejamentos, monitoramento e avaliação das aplicações das políticas públicas para crianças e adolescentes.

O chefe de gabinete da prefeitura de Paraibano, Sr. Raílton Sousa, desejou boas vindas e ressaltou que o prefeito de Paraibano Zé Hélio, tem apoiado e investido na implementação de ações, programas e políticas públicas em favor da infância e adolescência. Raílton Sousa elencou as conquistas a partir da certificação de Município Aprovado pelo Selo UNICEF, a exemplo de veículos, etc. O chefe de gabinete da prefeitura, lembrou a todos da responsabilidade de cada profissional para que Paraibano continue alcançando as metas estabelecidas pelo Selo UNICEF “Porque com a participação de todos e principalmente dos que são responsáveis pelo sucesso das metas alcançadas, os profissionais, poderemos conquistar novamente a edição do título. Então peço que continuemos trabalhando, porque o benefício será para todos” propôs Raílton Sousa.

A Escola Municipal Sarney Costa fez apresentação cultural com coreografia em ritmo de frevo com as cores da bandeira do Brasil.

A secretária de meio ambiente e turismo, Claudene Campos falou sobre as proposições e interface do fórum “A gente se sente muito a vontade neste fórum, por que muitas ações já foram desenvolvidas nessa administração no município, com crianças e adolescentes” disse Claudene observando o grande trabalho e o desafio de Césia Margareth, a articuladora do selo no município “Não é fácil, por que ela precisa de muitas informações, dados e ações, colaborar, planejar, participar, e está presente, daí que ela precisa da parceria de todos, das secretarias, portanto cada profissional deve ter a compreensão de colaborar com sua parcela de contribuição para que o município alcance as metas estabelecidas pelo Selo UNICEF” destacou.

A articuladora do Selo UNICEF em Paraibano, Césia Margareth, destacou a ampla participação da sociedade civil e agradeceu o empenho do Conselho Tutelar e do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente que esteve todos os conselheiros no Fórum, além do Núcleo de Participação e Desenvolvimento dos Adolescentes e Jovens – NUCA. elogiou a equipe organizadora com os colaboradores Gilclean Vieira, Netiane, Darcy, Claudiana e Zelandia Sá. O público que foi composto na sua maioria por crianças e adolescentes chamu a  atenção pela participação nos debates e apresentações.

O representante da secretaria municipal de educação, professor Marcos Aurélio Pereira afirmou que a realização do Fórum é um momento ímpar e que a base de tudo é a educação: “A semente da educação é a criança, e essa semente deve ser cuidada desde a sua plantação até quando brotar os frutos para termos um mundo melhor”.

Caio Martins diretor de juventude da Secretaria Municipal de Juventude Esporte e Lazer, destacou o papel do adolescente na sociedade “Nosso tema do Grupo de Trabalho é o de número 11, no Fórum, que trata do Protagonismo Juvenil e vem discutir os meios de oportunizar as crianças e adolescentes nas ações que a administração municipal pratica, com objetivos de incentivá-los a se tornar líder nas comunidades conscientes de seus direitos, de suas obrigações, e como um “Ser” dentro da comunidade e coletividade, a fim de se tornar pessoa mais humana, consciente do respeito ao próximo e do bem comum” frisou Caio.
O Fórum foi dividido em 13 GT- Grupos de Trabalhos com temas para serem discutidos e criar propostas de ações para garantia dos direitos das crianças e adolescentes e redução das desigualdades. O Grupo de Trabalho “Escuta” foi implantado no Fórum do Selo UNICEF em Paraibano como uma inovação como uma espécie de ouvidoria.

Para a articuladora do Selo UNICEF em Paraibano, Césia Margareth, o Fórum, serve para a comunidade analisar a situação das crianças e adolescentes e a partir desse diagnóstico, dialogar, debater e propor ações das políticas sociais voltadas para a infância e adolescência.

Após o pronunciamento das autoridades, a facilitadora e palestrante do fórum, a assistente social Juliana Alves de Moraes, fez apresentação da metodologia e objetivo do Fórum do Selo UNICEF, apresentou um diagnóstico situacional das crianças e adolescentes no município de Paraibano, a partir de dados oficiais fornecidos pelas secretarias municipais, dados esses que servirão como ponto de partida para discussão do Fórum e posteriormente para a construção do Plano de Ação pelos Direitos das Crianças e Adolescentes, visando a proteção integral, conforme preconiza a Lei Nº 8.069/90 do Estatuto da Criança e do Adolescente -ECA.

No período da tarde foram realizadas a apresentação dos Grupos de Trabalhos, oficinas, Plenária final, entre outras atividades, a fim de viabilizar a garantia de direitos a crianças e adolescentes, bem como melhorias de políticas públicas.

O I Fórum Comunitário- Edição 2017/2020 teve como tema “Paraibano Unido Pelas Crianças e Adolescentes. Vamos Juntos Vencer Essa Luta”.

Participaram do evento o vice-prefeito de Paraibano, Francisco Noleto, secretários municipais, profissionais de diversas áreas, servidores municipais, representantes de órgãos e instituições, Conselhos, Associações, Sindicatos, igrejas, alunos e sociedade civil organizada.

UNICEF

Antonio Cardoso e Césia.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, com sede em Nova Iorque, EUA, é um órgão das Nações Unidas que tem como objetivo promover a defesa dos direitos das crianças, ajudar a dar respostas às suas necessidades e contribuir para o seu desenvolvimento.

O QUE O MUNICÍPIO GANHA AO SER CERTIFICADO COM O SELO UNICEF?

Os maiores beneficiados são, sem dúvida, as crianças e os adolescentes, que passam a contar com políticas públicas de qualidade voltadas para a garantia de seus direitos. Também ganham as famílias e a comunidade, porque, para ganhar o Selo UNICEF, a gestão municipal deverá promover intensa mobilização, participação e engajamento social.

Os municípios certificados pelo Selo UNICEF passam a fazer parte de um grupo de municípios reconhecidos internacionalmente pelo UNICEF por seus avanços em favor da infância e adolescência. Eles podem utilizar o logotipo a logomarca do Selo UNICEF até o anúncio dos ganhadores da edição seguinte. A logomarca poderá ser aplicada nos materiais de divulgação do município, em prédios e veículos públicos municipais, eventos, materiais de escritório e outras peças institucionais do município. Não é permitido usar o logotipo a logomarca ou o nome Selo UNICEF para fins políticos, partidários ou eleitorais, sob pena de desclassificação do município.

Skip to content
Top